13
jun
2017
Trigo: Brasil deve importar mais, diz USDA

De acordo com o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), o Brasil deve importar sete milhões de toneladas nesta temporada. O número representa aumento de 100 mil toneladas, ou 1,45%, do volume das importações projetado no mês anterior pelo mesmo relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Com essas estimativas, o USDA aumentou também o volume nos estoques finais em 5,18%, para 2,03 milhões de toneladas. Houve também ligeira correção de consumo em 0,86%, para 11,70 milhões de toneladas.

O relatório projeta ainda incremento de 2,94% (500 mil toneladas) em sua estimativa para a produção argentina de trigo para 2017/2018, chegando 17,5 milhões toneladas. As exportações do país vizinho, assim, se expandiriam 2,94% em relação à estimativa do mês passado.

De acordo com a Consultoria Trigo & Farinhas, se percebe claramente que há fatores importantes, vinculados com o clima, que permeiam as safras de vários países produtores e que ainda não estão definidos. Destaca que esses fatores são mais sensíveis do que os da demanda, por exemplo, podendo ser alterados significativamente e abruptamente.

“Mantemos as indicações de colocação de opções de PUT, tanto para o contrato de DEZ 17, quanto para o contrato de DEZ 18, mesmo depois de terem subido um pouco nesta semana, pois entende que há espaço para uma elevação ainda maior do que a que ocorreu esta semana, a médio e longo prazos”, afirma a T&F.
 

 

Fonte: Agrolink

Volte para a Listagem