01
mar
2017
Ferramenta de busca online ajuda produtor a localizar semente para o refúgio

Agora os produtores que utilizam a tecnologia Bt (resistente a insetos) já podem acessar um sistema online que o auxilia a encontrar opções de cultivares para a realização do refúgio de acordo com a espécie, a safra, a cultivar e a localização da lavoura. A dificuldade para achar cultivares disponíveis para as áreas de refúgio vinha sendo apontada pelos agricultores como um dos empecilhos para a realização da prática. 

O sistema de seleção de cultivares para refúgio é uma ferramenta criada e atualizada pela Associação dos Produtores de Sementes e Mudas (ABRASEM) e pode ser encontrado no site www.boaspraticasagronomicas.com.br

O site faz parte do programa Boas Práticas Agronômicas, iniciativa do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB) para dar suporte técnico aos produtores que utilizam a tecnologia Bt. A equipe do Programa é composta por cientistas, técnicos da indústria e profissionais da comunicação que estão ao lado dos agricultores para orientá-los na adoção dessas tecnologias a fim de preservar sua eficácia no campo por mais tempo.
 
Para garantir o benefício das sementes Bt no longo prazo a adoção de áreas de refúgio é fundamental. A prática consiste em uma área cultivada com plantas não Bt em lavouras de soja, milho ou algodão com essa tecnologia. Foi estabelecido que o percentual da área que deve ser usado como refúgio é de 20% para a soja e o algodão e 10% para o milho. A função do refúgio é produzir insetos suscetíveis à toxina inseticida que acasalem com os eventuais indivíduos resistentes provenientes das áreas plantadas com biotecnologia e gerem uma prole também suscetível e, portanto, controlada pela tecnologia Bt. 

 

Fonte: Agrolink

Volte para a Listagem