22
set
2021
Brasil terá contraste de temperatura nesta quarta-feira (22)

Nesta quarta-feira (22/09) o destaque será o grande contraste entre as temperaturas da parcela central do país e as temperaturas ao sul. Uma intensa massa de ar quente garante, em uma ampla área, termômetros registrando temperaturas superiores aos 40°C na parcela mais central do Brasil, ao passo que no sul o amanhecer será gelado e o período da tarde com temperaturas amenas. 

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Região Norte
As instabilidades ficarão deslocadas para o oeste da região, devido aos ventos de leste mais intensos. Essas instabilidades serão provocadas pelo conjunto entre o forte calor e a alta disponibilidade de umidade na região. Deste modo as chuvas poderão ser localmente fortes no oeste do AM, AC e ao norte de RO. Sobre o PA e AP as projeções apontam para chuvas irregulares e sem indicativos de acumulados significativos. Já sobre o TO e sul de RO, o predomínio será de sol. As temperaturas estarão elevadas, sobretudo, na parcela sul da região norte, além de índices de umidade relativa do ar abaixo dos 20%. 

Região Nordeste
Uma massa de ar seco e quente vai dominar o tempo em praticamente toda a região.As projeções indicam temperaturas elevadas no interior nordestino, como ao sul do MA, PI, e oeste Baiano. Além das temperaturas elevadas, os índices de umidade estarão abaixo dos 20% nessas áreas. Mesmo com a atuação do ramo de instabilidades da frente fria sobre o litoral sul da BA, os acumulados de chuva previstos são baixos. As instabilidades também serão fracas nas demais áreas, de tal forma que mesmo no litoral não há perspectiva de chuvas significativas.

Região Centro-Oeste
O centro de circulação de alta pressão em 5 km está posicionado ao sul do estado do GO. E a atuação deste tipo de circulação, impede a chegada de umidade para a região, dificulta a formação de nuvens carregadas e provoca o aquecimento da superfície.  Desta forma o predomínio sobre boa parte do centro-oeste será do sol, com temperaturas elevadas - com várias localidades registrando marcas superiores aos 40°C - e índices de umidade relativa do ar em níveis críticos. Mesmo assim, ao norte do MT e áreas adjacentes ao DF poderão registrar algumas pancadas de chuva localizadas e irregulares.

Região Sudeste
Apesar de ainda existir algumas instabilidades remanescentes da última frente fria, o sistema que favorece a formação de chuvas sobre a região é uma área de alta pressão ao sul do país. No entanto, essas chuvas ficarão restritas à faixa leste da região e mesmo assim os volumes previstos não indicam chuvas expressivas, sendo esta umidade expressa em uma maior cobertura de nuvens na região. Os ventos também serão mais intensos, especialmente no estado de SP, diminuindo a sensação térmica sobretudo no litoral do estado. No oeste paulista, triângulo e norte mineiro o tempo prevalece seco e com temperaturas elevadas.

Região Sul
A atuação de uma região de alta pressão garante o predomínio do sol em boa parte da região. No entanto este sistema está associado a uma massa de ar frio, que vai derrubar as temperaturas no decorrer do dia. No período da manhã, algumas áreas nas regiões mais altas, poderão registrar temperaturas próximas dos 5°C e durante a tarde os termômetros ficarão abaixo dos 20°C. A região costeira dos três estados do sul, os ventos serão mais intensos e há a possibilidade de algumas pancadas de chuvas fracas e isoladas. 

Fonte: Agrolink

 

Volte para a Listagem