23
abr
2021
AGROTEMPO: saiba como será a sexta-feira

Nesta sexta-feira (23.04) o tempo sofrerá poucas mudanças em relação aos dias anteriores. Ainda há a influência da Tempestade Subtropical Potira alinhando um corredor de umidade sobre parte do nordeste além da atuação da Zona de Convergência Intertropical ao longo da faixa norte do país. No entanto, a condição do tempo permanece firme sobre uma grande área no Centro-Sul do Brasil, devido à atuação de uma massa de ar seco.

Entre o sábado (24.04) e domingo (25.04), o avanço de uma região de baixa pressão provoca o aumento das instabilidades sobre parte da região sul. No sábado as chuvas ainda ficarão restritas entre o Noroeste do RS e o sudoeste do PR enquanto no domingo haverá condição para pancadas de chuva em grande parte do RS e de SC além do sul do PR. Ainda no fim de semana haverá a diminuição da chuva sobre grande parte do Nordeste e os volumes mais expressivos passarão a se concentrar apenas sobre o MA, PI e oeste da BA. Por outro lado, sobre a região norte e norte do MT as pancadas de chuva associadas ao calor e a umidade seguirão bem distribuídas e favorecerão acumulados elevados. 

Região Norte

O comportamento das chuvas no norte do país, é determinado pelo forte calor e a alta quantidade de umidade disponível no ar. No entanto, essas chuvas terão uma distribuição irregular, sendo assim, nos estados do AC, RO e RO o tempo segue firme na maior parte do dia com a possibilidade de pancadas de chuvas isoladas. Na faixa central da região norte, essa condição para chuvas é maior, mas também com distribuição irregular. No entanto, entre o norte do PA e AP, o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), favorece a formação de chuvas e com potencial para acumulados na ordem dos 30 mm localmente. 

Região Nordeste

A influência dos ventos provocados pela Tempestade Subtropical Potira no oceano, continua alinhando o corredor de umidade sobre parte da região nordeste, especialmente sobre o estado da BA, de forma que os acumulados de chuva na faixa leste do estado, podem superar a marca dos 30 mm em alguns pontos. O outro sistema que atua de forma significativa na formação de nuvens carregadas sobre a região nordeste é a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), assim em toda a faixa norte do nordeste brasileiro tem condições para pancadas de chuvas localmente forte e gerar acumulados superiores aos 30 mm no decorrer do dia. No entanto, na faixa leste entre AL e RN as condições para chuvas são menores, mas não são descartadas.

Região Centro-Oeste

A área de atuação da massa de ar seco avança sobre a região, de forma que deixa as chuvas mais restritas ao extremo norte do estado do MT e do GO. Já nas áreas entre o centro-sul do MT, DF, GO e MS a condição do tempo segue firme sem condições para formação de nuvens carregadas. A atuação dessa massa de ar seco também será notada nos índices de umidade relativa do ar, que podem chegar a níveis de atenção abaixo dos 30%, além das altas temperaturas, onde na grande região do pantanal pode superar os 35°C.

Região Sudeste

Na faixa leste da região sudeste, no decorrer do dia, terá uma maior variação de nebulosidade com poucas chances para formação de nuvens carregadas, contudo, em grande parte da região sudeste o tempo será firme. As temperaturas estarão amenas pelo amanhecer, particularmente nas regiões serranas entre SP, MG e RJ, mas seguindo em rápida elevação no período diurno, podendo superar os 30°C no oeste do estado de SP, no ES, e no Triângulo Mineiro. 

Região Sul

O tempo na região sofre poucas alterações em relação aos dias anteriores, de forma que em grande parte dos estados a condição é para tempo firme com poucas chances para chuvas. Apesar disso, na região oeste do RS, devido à proximidade a um sistema de baixa pressão, poderá ter uma variação maior na nebulosidade, no entanto com poucas chances de chuvas.  Em relação às temperaturas, o dia amanhece ameno entre o norte do RS até a região central do PR, e na serra gaúcha e catarinense essas temperaturas podem ser inferiores aos 9°C. Porém no período diurno, os termômetros seguem em rápida elevação fazendo com que na faixa oeste da região sul as temperaturas máximas podem superar os 28°C, mas essa grande elevação nas temperaturas não acontecerá entre o leste de SC e do PR, por conta da maior cobertura de nuvens.

Fonte: Agrolink

Volte para a Listagem